Como conhecer mulheres online

meninas-romanticas-vestido-baloes-rua

O conquistador de verdade sabe fazer uso das mais diversas situações onde pode entrar em contato com a mulherada, inclusive, de forma virtual. Hoje em dia, não há mais como negar que embora não tenha nada como um xalalá ao vivo, é possível fazer grandes conquistas pela Internet. Como conhecer mulheres online é um vasto campo e você pode fazer uso de mais de um canal para conhecer gatas de diferentes locais e quem sabe se aventurar em bandas distantes do seu território em busca de romances inesquecíveis.

Se você ainda não está conectado às redes sociais, é esse o seu primeiro passo para como conhecer mulheres on-line. A mais popular que você pode acessar é o Facebook, se você por um acaso tiver ainda uma conta no Orkut, esqueça, quase ninguém mais faz uso dele. Depois de começar a usar o Facebook, você pode adicionar aos seus amigos todas as pessoas que conhece, além de fazer contato com as gatas pelas quais você se interessar.

Como abordar mulheres na internet

No entanto, para que as mulheres se tornem as suas amigas na rede social, elas devem aceitar o seu convite de amizade e muitas delas não costumam aceitar pessoas que não conhecem, ainda mais se forem homens que nunca viram antes. Por isso, ao invés de simplesmente enviar um convite a elas, mande uma mensagem, se identificando e mostrando alguma coisa que vocês tenham em comum e que seria motivo para ela aceitar o seu convite.

Nem todas as mulheres usam esse recurso, mas existe a possibilidade de colocar no seu perfil do Facebook o outro usuário com quem se tem uma relação séria. Por isso, observe essa informação e prefira não adicionar as mulheres comprometidas para não ter que lidar com nenhum namorado ciumento. Existem algumas maneiras de convencer a mulher e aceitar a sua amizade virtual, como dizer que você é amigo de fulano (um amigo em comum de vocês) ou que estudaram na mesma escola, ou que trabalham na mesma empresa, etc.

Essas informações todas estão disponíveis na rede social e com elas você pode buscar um elo entre vocês. Se ela aceitar a sua amizade, vocês podem conversar de maneira virtual, através da rede social, no entanto, na hora de puxar papo com a mulher, prefira os chats privados, pois se você escrever alguma coisa na página inicial dela, todos os demais amigos da gata terão acesso ao recado que você enviou, o que pode ser constrangedor e atrapalhar o contato com a mulher.

Sites para conhecer mulheres online

O Facebook é uma rede social que serve mais para trocar informações rápidas com os amigos, se informar sobre eventos e festas, etc. No entanto, existem outros caminhos mais eficientes para saber como conhecer mulheres on-line e um deles são os chats do site Terra. Desde os princípios da comunicação virtual popularizada, o site Terra disponibiliza uma série de salas de bate papo para todos os gostos, onde as pessoas que ali se conectam possuem como principal intuito “teclar” com outros usuários.

Depois de acessar o site, você pode escolher a sala onde prefere encontrar mulheres por interesse. Ou seja, existem salas divididas conforme a idade dos usuários, o sexo, cidade onde reside e pelo que busca, se amizade, namoro, sexo, entre outros. Assim, você escolhe a sua sala de preferência com um nickname, ou seja, um apelido, que não precisa ter nenhuma ligação com o seu nome, se você quiser esconder a sua verdadeira identidade ou se preferir um apelido que chame a atenção. Você também pode simplesmente entrar com seu próprio nome.

Chats privados

Quando você acessa uma dessas salas, aparecem em sua tela todas as pessoas que naquele momento estão conectadas na mesma sala. Ali os usuários se apresentam e chamam alguém para teclar, sendo que a conversa entre dois usuários se dá através de um chat privativo. Dessa forma, você pode conversar a sós apenas com uma mulher ou mesmo ter várias conversas privadas ao mesmo tempo.

Pode parecer confuso, mas com o tempo você cria uma enorme habilidade de gerenciar várias conversas simultâneas, além disso, é preciso cuidar para não escrever uma coisa para uma gata por engano, sendo que a informação era para outra, isso vai fazer com que elas percebem que você está em vários chats privados ao mesmo tempo e mesmo virtualmente pode rolar ciúmes.

Como conquistar uma mulher online

Mesmo que você mande um xalalá de forma virtual para a gata que está a fim de conhecer, esse é apenas um canal para conhecer mulheres, sendo que uma hora ou outra você vai ter que partir para o ataque ao vivo e a cores. Claro que devido às informações na mídia sobre pessoas que se dão mal ao marcar um encontro com alguém que conheceram na Internet, as mulheres podem ficar com receio de conhecerem você ao vivo, por isso, não seja precipitado.

Além disso, se você pretende conhecer a gata ao vivo, não minta sobre você, dê as informações reais, senão, isso pode se virar contra você, prejudicando a sua conquista. Para mostrar que você é uma pessoa que não oferece perigo, é preferível que marque o primeiro encontro marque de dia, em um lugar público, onde sempre tenham muitas pessoas, como shoppings, parques ou cafés. Todos esses serviços na Internet são gratuitos, mas existem também sites de relacionamento em que você paga uma mensalidade para que o serviço mostre possíveis mulheres com quem você se daria bem.

 
Você pode se tornar irresistivelmente atraente para as mulheres, desenvolvendo suas características e atitudes alfas. Mas o que fazer para ter esse tipo de sucesso e seduzir lindas mulheres? A resposta é simples: você precisa ativar os gatilhos da atração.

Para isso, existe o Código da Atração. É um ebook com todas as técnicas e ferramentas para ajudar você a se tornar mais confiante e bem sucedido em seus relacionamentos. Você aprenderá como conquistar e seduzir mulheres de uma forma que você nunca viu.

Clique aqui e conheça o Código da Atração..

Sobre o autor: Eduardo Santorini é o editor do projeto Atitude de Homem e criador do Código da Atração. Como coach, ajuda homens a desenvolverem suas habilidades sociais e a se tornarem mais confiantes com as mulheres.